Ciclo carmico na astrologia


"O carma, é uma palavra de origem sanscrita, Karman, que significa “acao e reacao”. Isso significa que todas as nossas acoes têm uma reacao, que se manifesta senao no presente, com certeza no futuro. Assim, o carma nao possui forma definida ( nao é palpavel) porque é na verdade uma lei fisica universal; a manifestacao do carma é que é concreta, como podemos observar quando por exemplo se cai por descuido e se quebra a perna. Este acidente representa um carma pois tem-se uma causa e um efeito. A causa é o descuido e o efeito, a queda. Portanto o carma da mesma forma que o tempo éum conceito abstrato, mas que possui manifestacao concreta no mundo material.

Alem disso o carma éatemporal, no sentido de que ele pode se manifestar imediatamente ou nas proximas vidas. Essa questão de quando o carma se manifesta é portanto a principio indefinida. Vai depender não só de sua programacao carmica, mas também de outras pessoas e às vezes até do carma nacional ou do carma da humanidade como um todo. As vezes, basta um simples movimento, uma acao inconsequnte e entao se coloca em movimento a roda do carma em nossas vidas.

O carma nao é um ajuste de contas, mas sim um elemento de evolucao para o ser humano que ocorre atraves do equilibrio de suas acoes. Assim, quando há a conscientizacao de que todas as mazelas que passamos na vida nao é um castigo divino, e sim o efeito, a manifestacao daquilo que criamos para nos mesmos, estaremos dando os primeiros passos para mudar o nosso proprio carma.

CICLOS ENCARNATORIOS

Na astrologia carmica, há ciclos encarnatorios, que se manifestam atraves da vibracao dos 12 signos. Isso significa que para se completar toda a programacao carmica é preciso passar pelos ensinamentos dos 12 signos. Assim quando se completa um ciclo encarnatorio pode-se iniciar outro ciclo em que a pessoa terá de passar novamente pelos 12 signos do zodiaco, só que sob uma nova perspectiva. Essa nova perspectiva pode ser representada por uma espiral, pois aquilo que se acumulou no passado é trazido para o presente e alavancado para o futuro.

Tambem é preciso explicar que os 12 signos nao necessariamente correspondem a 12 vidas, porque a pessoa pode ter que nascer varias vezes sob um signo para absorver todo um ensinamento. Isto ocorre porque cada signo possui três decanatos e 12 duades ( dwadasamas em sanscrito) ! Isso é um capricorniano do 1o decanato pode ser bem mais serio do que outro capricorniano do 2o decanato, que é regido por venus. Como se vê, é uma questão complexa, mas os ciclos encarnatorios realmente existem e sua duracao, como devem ter percebido, pode chegar a centenas de vida. Diz a tradicao budista, que o Buda só atingiu o estagio perfeito de evolucao em sua milesima vida!

Desta forma, a pessoa que você é neste momento atual, ou seja nessa vida, está registrada em seu mapa astral principalmente sob o signo em que vocênasceu. É logico que o signo e o seu ascendente mostrarao o seu estágio evolutivo e suas obrigacoes carmicas, nao aquilo que você é no intimo, pois para isso seria necessario uma leitura bastante aprofundada de seu mapa astral.

O mapa astral é a fotografia da alma no momento do nascimento, pois mostra de forma ampla os objetivos encarnatorios, o que se espera colher e realizar nessa vida. É claro que enquanto se está nessa vida, aprendendo, eliminando e construindo outros carmas, o mapa astral, ou em outras palavras a fotografia da alma vai mudando. Esta mudanca pode ser evidenciada através de uma tecnica em astrologia denominada de progressao, ondel um ano de vida da pessoa corresponde a um dia depois da data de nascimento."

trecho extraido do livro: O Signo e suas Vidas Passadas de Elaine Bernardes

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon